Diferença entre demanda autônoma e demanda derivada

A demanda por produtos e serviços difere em diferentes situações. A demanda pode ser classificada com base no uso de um produto, natureza de um produto, fornecedores do produto e o número de consumidores. Existem diferentes tipos de demanda, incluindo demanda individual e baseada no mercado, demanda industrial e organizacional, demanda autônoma e derivada, demanda por produtos duráveis ​​e perecíveis e demanda de curto e longo prazo. Neste artigo, examinaremos as diferenças entre a demanda autônoma e a demanda derivada.

O que é demanda autônoma?

É a demanda por produtos e serviços que não é influenciada ou determinada por outros bens. Como tal, a demanda por esses produtos surge devido às necessidades físicas, biológicas e outras necessidades pessoais dos consumidores.

Embora seja uma ocorrência rara, surge devido ao desejo dos indivíduos de consumir certos produtos. Por exemplo, a demanda por necessidades básicas, como comida, abrigo e roupas, bem como outros bens pessoais, como veículos, é autônoma.



O que é demanda derivada?

Essa é a demanda por produtos e serviços que é determinada e influenciada pela extensão e natureza de outras atividades. Por exemplo, na construção em andamento, ferro e cimento são exemplos de demanda derivada.

Outro exemplo é a demanda por diesel ou gasolina com base no uso de veículos. Além disso, as matérias-primas necessárias para a produção de um produto, bens complementares e substitutos frequentemente resultam em demanda derivada.

Semelhanças entre demanda autônoma e demanda derivada

  • Ambos se referem à demanda de produtos e serviços

Diferenças entre demanda autônoma e demanda derivada

Definição

A demanda autônoma se refere à demanda por produtos e serviços que não é influenciada ou determinada por outros bens. Por outro lado, a demanda derivada refere-se à demanda por produtos e serviços que é determinada e influenciada pela extensão e natureza de outras atividades.

Elasticidade da demanda

Enquanto a demanda autônoma tem menos elasticidade de demanda, a demanda derivada tem maior elasticidade de demanda.

Natureza

A demanda autônoma não é especificada. Por outro lado, a demanda derivada é específica.

Demanda autônoma vs. demanda derivada: Tabela de comparação

Resumo da demanda autônoma e demanda derivada

A demanda autônoma se refere à demanda por produtos e serviços que não é influenciada ou determinada por outros bens. Exemplos de demanda autônoma incluem necessidades básicas, como comida, abrigo e roupas, bem como outros bens pessoais, como veículos. Por outro lado, a demanda derivada refere-se à demanda por produtos e serviços que é determinada e influenciada pela extensão e natureza de outras atividades. Exemplos de demanda derivada incluem a demanda por diesel ou gasolina com base no uso de veículos, matérias-primas necessárias para a produção de um produto, bens complementares e substitutos.